Voc� � o 740494º visitante.
This is one of the most common sexually transmitted infections buy metronidazole onlinewomen and the prostate to the urethra in men.
buy nolvadex 20 mgThis drug in a dosage of 20 mg has antitumor and antiestrogenic pharmacological effects in the disease of breast cancer and other malignant neoplastic diseases acquistare cialis 20 mgcontenuto di sostanza attiva nella preparazione di tadalafil 20 mg sarebbe raggiungere un'erezione dopo 15 minuti di applicazione e dare piacere il rapporto più di 36 ore buy sumatriptan 50 mgThis drug is produced in a dosage of 100 or 50 mg and stops migraine without an aura and with an aura after 30 minutes approximately operates 24 hours, a fairly effective drug, but it is necessary to read the instruction Best place to buy retin a online retin a 0.1 cream buy online develop malignant breast lesions in men. les meilleurs prix pour Cialis en France Acheter cialis achat mobile
VIDAS INTERROMPIDAS : Eles estavam no voo 1907 e tiveram suas vidas interrompidas pela imprudncia de dois pilotos norte-americanos. www.vidasinterrompidas.com.br

Saque a destroos do voo 1907 ser julgado no RS

R7 Notícias  Acidente entre avião da Gol e jato Legacy deixou 154 mortos em 2006, no Mato Grosso

 A Justiça Federal vai julgar nesta quarta-feira (9), a responsabilidade pela pilhagem dos corpos do voo 1907 da Gol que caiu em 29 de setembro de 2006 na Serra do Cachimbo, em Mato Grosso, após se chocar no ar com um jato Legacy. Os familiares das vítimas reclamam do desaparecimento de pertences de alguns dos 154 mortos no acidente.

Em fase de recurso, o processo será votado pela 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região em Porto Alegre, às 13h30, na capital gaúcha, como explica o advogado dos familiares, Daniel Fonseca Roller.

— Queremos demonstrar que não foi apenas um desrespeito, foi um descumprimento de responsabilidade pela guarda e entrega dos pertences aos familiares e que isso não causou apenas danos emocionais, mas também, financeiros a essas pessoas que, além de terem que lidar com a perda dos seus entes queridos, também tiveram que arcar com os problemas que essa pilhagem causou.

Respondem ao processo a Gol, o Ministério Público de Brasília e a Aeronáutica, todos responsáveis pelo recolhimento dos pertences, guarda e entrega aos familiares.

Em 15 de junho de 2012, a Justiça Federal do Paraná julgou improcedente o pedido de indenização feito à União pelos familiares. A sentença de primeiro grau, publicada pela 2.ª Vara Cível de Curitiba, considerou que os documentos e testemunhos foram insuficientes para comprovar o sumiço dos bens.

Entenda

As famílias das vítimas denunciaram ao País a pilhagem dos pertences dos mortos em 2007. A responsabilidade pelo resgate dos corpos e dos pertences das vítimas era da Aeronáutica. Os pertences foram entregues à Gol que, junto ao Ministério Público de Brasília, deveria entregar aos familiares das vítimas.

Os parentes dizem que nem todos os objetos das vítimas foram devolvidos. Um celular de uma das vítimas foi encontrado no Rio de Janeiro, antes mesmo do resgate e reconhecimento do seu corpo pelos familiares.


 

Envie para um amigo
Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do seu amigo:

E-mail do seu amigo:



190 Milhese de Vtimas
Abaixo assinado encerrado! Obrigado por defender nossa causa.



LISTA DE VITIMAS (159553)