Voc� � o 695246º visitante.
VIDAS INTERROMPIDAS : Eles estavam no voo 1907 e tiveram suas vidas interrompidas pela imprudncia de dois pilotos norte-americanos. www.vidasinterrompidas.com.br

Famlias promovem homenagem pelos 8 anos do acidente com o voo 1907

As famílias das 154 vítimas do acidente com o voo 1907, ocorrido em 29 de setembro de 2006, promoveram, neste sábado (27/09) uma homenagem pelos 8 anos do acidente. Bexigas em formato de coração, com o nome de todas as vítimas, foram soltos na tarde de hoje em diversas regiões do Brasil, em memória das 154 pessoas.

As famílias das 154 vítimas do acidente com o voo 1907, ocorrido em 29 de setembro de 2006, promoveram, neste sábado (27/09) uma homenagem pelos 8 anos do acidente. Bexigas em formato de coração, com o nome de todas as vítimas, foram soltos na tarde de hoje em diversas regiões do Brasil, em memória das 154 pessoas.

Ao mesmo tempo da homenagem, as famílias ainda esperam a publicação do julgamento do STJ, ocorrido em 07 de agosto, para os próximos dias. “Esperamos que a decisão seja publicada para que possamos dar andamento às estratégias que visam a execução do cumprimento da pena. Nossa expectativa é que, neste mês de outubro, tenhamos a publicação dessa decisão e que essa etapa seja logo resolvida para que o processo possa ter continuidade e consigamos ter a punição para os responsáveis”, comenta Rosane Guhtjar, viúva e diretora da associação.

Para as famílias a espera é longa e angustiante. “No dia 29 de setembro completa-se oito anos do acidente e, até hoje, não tivemos o Transito em Julgado e, com isso, eles ainda continuam impunes. Não esperamos mais palavras de conforto, só esperamos que a justiça seja feita e vamos continuar lutando por ela”, finaliza.

Publicação do julgamento do caso do voo 1907 no STJ

O julgamento do caso do voo 1907, em agosto deste ano, no STJ, manteve a pena dos pilotos norte-americanos, Joseph Lepore e Jan Paul Paladino, em 3 anos, 1 mês e 10 dias, em regime aberto. Os dois foram responsáveis pela morte de 154 passageiros do voo 1907, no acidente ocorrido em 29 de setembro de 2006.

De forma unânime os Ministros da Quinta Turma do STJ reconheceram a gravidade do crime cometido e apresentaram o entendimento uníssono de que a pena aplicada aos pilotos deveria ser maior, entretanto, devido a uma imprecisão da lei e diante dos erros durante todo o processo, a decisão foi por manter a aplicação da pena mais alta possível para o atual estágio do processo, considerando o arcabouço legal brasileiro.

Os Ministros também avaliaram que diante do atual estado do processo o mais oportuno seria realizar o pedido de prisão e posterior início do processo de extradição após o trânsito em julgado da decisão.


 

Envie para um amigo
Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do seu amigo:

E-mail do seu amigo:



190 Milhese de Vtimas
Abaixo assinado encerrado! Obrigado por defender nossa causa.



LISTA DE VITIMAS (159553)